VIRTUDE SELVAGEM (Dual Áudio / 720p) -1946

THE YEARLING – 1946
DRAMA – FAMÍLIA
DIREÇÃO: Clarence Brown
ROTEIRO: Paul Osborn, Marjorie Kinnan Rawlings
IMDb: 7,3
https://www.imdb.com/title/tt0039111/

RMZ – D. CLÁSSICA (H. RICHERS) – DUAL ÁUDIO

Postado por Rubeschgo

 


Formato: MKV
Qualidade: WEB-DL 720p (958 x 720)
Tamanho: 4,01 GB
Duração: 128 min.
Legenda: Português
Áudio: Português (D. Clássica H. Richers) / Inglês
Servidor: Drive Google (5 partes RAR)
Créditos Áudio Dublado: C.TaxiDriver (TVRip) & Lilbarby (RMZ)
Sincronia de Áudio e Uploader: Rubeschgo

 

VEJA TAMBÉM:
VIRTUDE SELVAGEM (DUBLADO / 1946) – Postado por C.TaxiDriver
VIRTUDE SELVAGEM (LEGENDADO / BLURAY-RIP / 1946) – Postado por FalconNight

 

 

PARTE 01: VIRTUDE SELVAGEM
PARTE 02: VIRTUDE SELVAGEM
PARTE 03: VIRTUDE SELVAGEM
PARTE 04: VIRTUDE SELVAGEM
PARTE 05: VIRTUDE SELVAGEM
Senha: TELADECINEMA&RUBESCHGO

 

A vida nas prósperas terras da Flórida de 1870, logo após a Guerra Civil Americana, pode ser feita de terras férteis, caças abundantes, histórias divertidas e solidão. Pelo menos assim é o lar do pequeno Jody Baxter (Claude Jarman Jr.). Aos 11 anos, ele convence os pais (Gregory Peck e Jane Wyman) a deixá-lo ter um veadinho como animal de estimação. Mas a amizade dos dois pode ficar seriamente comprometida. Adaptado da obra de Marjorie Kinnan Rawlings, ganhadora do Prêmio Pulitzer.

7 Indicações ao Oscar (vencendo em 2 categorias)








Gregory Peck … Penny Baxter
Jane Wyman … Orry Baxter
Claude Jarman Jr. … Jody Baxter
Chill Wills … Buck Forrester
Clem Bevans … Pa Forrester
Margaret Wycherly … Ma Forrester
Henry Travers … Mr. Boyles

 

# país: EUA
# duração original: 128 min.
# estúdio: Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)
# distribuidora: Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)…

 

9 comentários para VIRTUDE SELVAGEM (Dual Áudio / 720p) -1946

  • bitola  DISSE:

    Excelente qualidade do post. RARIDADE. PARABÉNS À EQUIPE

  • farra4ever  DISSE:

    Obrigado.

  • Augusto Bisson  DISSE:

    Finalmente, este filme recebe um cartaz à altura de sua qualidade – porque a do DVD, postada anteriormente, não é representativa do clássico que ele é. “Virtude selvagem” era reprisado nos cinemas ainda nos anos 1970. Em razão disso, temos aqui a surpreendente dublagem clássica da Herbert Richers, feita no princípio da década de 80. Porque houve uma redublagem carioca que não está no mesmo nível desta, Marcos F. e Don Costa.

  • ninjagaiden555  DISSE:

    Muito obrigado, ótimo filme.

  • Roberto Alves  DISSE:

    Obrigado C.TaxiDriver, obrigado Lilbarby, obrigado Rubeschgo e obrigado FalconNight, marujos vocês são feras. Agradecido muito por esse maravilhoso filme de bela imagem e raro. Obrigadaço e valeu…

  • Terry Malloy  DISSE:

    Primeiro, agradeço muito pelo filme e pelo trabalho de vocês. Mas eu estou tendo problemas com este filme, pois ele está, ao menos para mim, ligeiramente fora de sincronia na dublagem. Se quem de vocês tem acesso a programas sincronizadores poderia tentar arrumar. Eu sigo pelo tiro no tempo 1:56:14. Vejam a reação da mãe ao tiro no áudio inglês e dublado; no dublado o tiro sai um pouco antes da reação dela. É questão de um ou menos de um segundo, acho que para a maioria das pessoas isso nem importa, mas pensa num problema que me incomoda. De todo modo, obrigado!

  • shaokahn  DISSE:

    muito bom saber que existe tem dublado remasterizado

    obrigadíssimo por disoonibilizar

  • busteli  DISSE:

    Esse eu nunca assisti, vou conferir pra ver se gosto. E como é dublagem clássica, esses filmes antigos, mesmo a gente não gostando a dublagem faz a diferença. Obrigado por compartilhar

  • Caco dos Santos  DISSE:

    Obrigado!

PARTICIPE DA DISCUSSÃO, MAS ANTES DE COMENTAR CLIQUE AQUI E LEIA NOSSAS REGRAS DE COMENTÁRIOS. Saiba que todos os comentários são moderados, nós nos reservamos o direto de publicá-los ou não. É proibido divulgar endereço de sites, blogs, fóruns que não sejam de parceiros ou de colaboradores do Tela de Cinema. Nós não permitimos a publicação de links de arquivos nos comentários, para colaborar acesse o menu do blog e procure pela opção COLABORE CONOSCO, ou clique aqui. Nós não recomendamos a divulgação de emails nos comentários, faça isso por sua conta e próprio risco.