MORTE PARA UM MONSTRO (DUAL ÁUDIO / 1080P) – 1965

DIE, MONSTER, DIE! – 1965
REINO UNIDO
MISTÉRIO – HORROR – SCI-FI
DIREÇÃO: Daniel Haller
ROTEIRO: Jerry Sohl, H.P. Lovecraft
IMDb: 5,6 https://www.imdb.com/title/tt0059465/

BRRIP 1080P – RMZ – DUAL ÁUDIO – DUBLAGEM HERBERT RICHERS

Postado por Any Sousa


Formato: MKV
Qualidade:
BRRip 1080p (1916 x 816, 3.879 kb/s)
Tamanho:
2,48 GB
Duração:
78 min.
Legendas:
Português – Selecionável
Áudios:
Inglês, Português (Herbert Richers) – Selecionáveis
Servidor:
Google Drive (4 partes RAR)
Créditos pela Dublagem: Johnahex
Remasterizadora e Uploader: Any Sousa

VEJA TAMBÉM: MORTE PARA UM MONSTRO (DUBLADO / DVD-RIP) – 1965 postado por Roberto Alves

PARTE 1: MORTE PARA UM MONSTRO
PARTE 2: MORTE PARA UM MONSTRO
PARTE 3: MORTE PARA UM MONSTRO
PARTE 4: MORTE PARA UM MONSTRO

O cientista americano Stephen Reinhart (Nick Adams) chega de trem à Arkham, um pequeno vilarejo inglês, para visitar sua noiva Susan Witley (Suzan Farmer), com quem havia estudado ciências na faculdade nos Estados Unidos. Ao chegar na mansão, é friamente recebido pelo pai de Susan, Nahum Witley (Boris Karloff), que tenta encorajá-lo a ir embora sem ver sua noiva, utilizando de uma inesperada arrogância. O jovem americano começa a se convencer que algo misterioso e malígno envolve a casa e seus ocupantes, principalmente após a morte suspeita do mordomo da família, Merwyn (Terence DeMarney).






Boris Karloff … Nahum Witley
Nick Adams … Stephen Reinhart
Freda Jackson … Letitia Witley
Suzan Farmer … Susan Witley

3 comentários para MORTE PARA UM MONSTRO (DUAL ÁUDIO / 1080P) – 1965

PARTICIPE DA DISCUSSÃO, MAS ANTES DE COMENTAR CLIQUE AQUI E LEIA NOSSAS REGRAS DE COMENTÁRIOS. Saiba que todos os comentários são moderados, nós nos reservamos o direto de publicá-los ou não. É proibido divulgar endereço de sites, blogs, fóruns que não sejam de parceiros ou de colaboradores do Tela de Cinema. Nós não permitimos a publicação de links de arquivos nos comentários, para colaborar acesse o menu do blog e procure pela opção COLABORE CONOSCO, ou clique aqui. Nós não recomendamos a divulgação de emails nos comentários, faça isso por sua conta e próprio risco.